06/11/2015

Amamentação e outras dicas importantes para futuras mamães!

Como muitos dos queridos leitores sabem, sou gestante! Justamente hoje, completo 29 semanas de muita expectativa e aprendizado. Esta semana, tive a felicidade de retomar o contato com o CEMUC - CENTRO DE APOIO ÀS MULHERES E AO CASAL GRÁVIDO, que conheço desde 2008, mas atua em Curitiba desde 1955!

Com cursos GRATUITOS para gestantes e casais, realizados através de uma equipe de profissionais voluntários altamente especializados e capacitados, o CEMUC, há 60 anos, abre as portas das verdadeiras maternidade e paternidade para milhares de casais (já foram mais de 30 mil alunos!).

Desta vez como aluna e, não, como parceira, pude usufruir da 1ª aula do 139º CURSO PARTO AMOROSO, que é o último de 2015 (foto) e será composto por um total de SETE encontros, sempre às terças-feiras, das 14h às 17h30, na Maternidade Santa Brígida e com três palestras a cada reunião. Assim, ainda dá tempo das leitoras gestantes, que residam em Curitiba e região, inscreverem-se e aproveitarem este momento.

No primeiro encontro, tivemos o prazer de conhecer a Enfermeira Rosane da Silva, Coordenadora  do Banco de Leite Humano do Hosp. Universitário Evangélico de Curitiba e responsável pelo Projeto "Mamãe Eu Quero Mamar". Em sua página no Facebook, o projeto apresenta dicas rápidas, fáceis e relevantes sobre aleitamento materno e como evitar ingurgitamentos, mamilos fissurados, insuficência na lactação, dentre outros. Também apresenta informações sobre outros aspectos da maternidade e a agenda de palestras da Enfermeira, que é também parceira da ASSOCIAÇÃO DE MULHERES MÉDICAS - REGIONAL PARANÁ. Confira um trecho de um texto especial disponível da página a seguir.

Prevenção da Morte Súbita

Sabe aquele hábito comum entre pais e mães, principalmente os de primeira viagem, de checar a cada cinco minutos se o filho está vivo e respirando? Bem, a atitude é compreensível e pode estar muito associada a Síndrome da Morte Súbita Infantil, que é quando a criança morre durante o sono, sem nenhuma razão aparente. Apesar de os reais motivos ainda serem uma incógnita para a medicina, ao longo de anos, médicos, especialistas e pesquisadores reuniram indícios de situações que potencializam esse tipo de acontecimento. Colocar o bebê para dormir com cobertores macios, travesseiros e protetores de berço são alguns deles.

No entanto, por mais que os pediatras peçam para evitar, muitos pais continuam enchendo o berço de acessórios como estes. Nos Estados Unidos, uma pesquisa recente, publicada pelo jornal Pediatrics, divulgou que 55% dos bebês ainda dormem dessa maneira. O número é alarmante e assusta ainda mais se levarmos em consideração que se trata de um país desenvolvido.

Embora no Brasil não existam estatísticas oficiais sobre o número de crianças que têm morte súbita, ainda é muito comum ver quartos decorados com berços cercados por protetores, ursinhos de pelúcia, cobertores, edredons... Isso quando a recomendação dos médicos é colocar apenas o recém-nascido no berço, em um colchão adequado. Mas por que os os pais ainda cultivam esses hábitos? "Muitas vezes, isso acontece por falta de orientação mesmo. Como a maioria dos casos acontece com bebês que têm entre 2 e 5 meses de idade, eles podem ter ido a poucas consultas com pediatra", diz pediatra Felipe Monti Lora, pediatra e chefe do Pronto-Socorro do Hospital Infantil Sabará, de São Paulo.

Para Lora, outro grande fator de risco quando o assunto é morte súbita infantil é colocar o bebê para dormir de bruços. "Alguns pais fazem isso quando a criança tem refluxo porque a posição diminui os sintomas. No entanto, isso aumenta as chances de compressão das vias aéreas, ainda imaturas, possibilitando a diminuição ou até a parada da atividade respiratória", alerta.

(...)

A posição ideal

(Por Flavia Bezerra)

Dormir em decúbito dorsal - com a barriga voltada para cima - é a posição mais indicada para os bebês de até um ano, recomendada pela Academia Americana de Pediatria (AAP) e pelo Ministério da Saúde brasileiro - que desde 2007 passou a publicar a orientação na caderneta da criança. Além de permitir que o bebê respire melhor, a posição diminui o risco de engasgo, já que permite girar a cabeça para o lado em caso de vômito.

(...)

Mas será que fazer o recém-nascido dormir apenas de barriga para cima, apesar de seguro e indicado por especialistas, pode deformar a cabeça? A pediatra neonatologista do Hospital e Maternidade Santa Joana (SP), Clery Gallacci, explica que o crânio dos bebês mais novos possui vários ossos abertos, pois o crescimento cerebral acontece durante todo o primeiro ano de vida. Portanto, se ele fica deitado sempre do mesmo lado, a pressão pode causar a plagiocefalia – quando o cérebro sofre uma moldagem diferente da normal. “Recomenda-se, então, que durante o dia a mãe mude a posição para evitar danos ao crescimento cerebral”, aconselha a pediatra.

9 hábitos para prevenir a morte súbita

Embora as explicações sobre os motivos que levam a essa fatalidade, que é certamente um dos maiores temores dos pais, ainda não sejam claras ou definitivas, o melhor mesmo é fazer o que estiver ao alcance para evitar. Confira, abaixo, algumas dicas para diminuir o risco na sua casa:

1. Coloque o bebê para dormir sempre em decúbito dorsal, ou seja, de barriga para cima

2. Escolha um colchão firme, nem mole, nem duro demais

3. Evite colocar bichos pelúcia, travesseiros, cobertores e protetores no berço

4. Faça o pré-natal correto, já que o acompanhamento ainda na gravidez está relacionada a um menor risco de morte súbita

5. Diga não ao tabagismo e e evite contato com cigarro durante a gravidez e após o nascimento do bebê. Ainda que a gestante não fume, quanto mais longe da fumaça ou de pessoas que tenham esse hábito, melhor

6. Não beba nem use medicação por conta própria durante a gravidez

7. Amamente. Ao sugar, a criança desenvolve melhor o sistema respiratório, já que é obrigada a respirar pelo nariz

8. Não exagere no cobertor. Uma "camada" de roupa a mais do que a sua é suficiente, de acordo com a AAP. Evite cobrir a cabeça e as mãos do bebê, pois as extremidades são o canal utilizado pelo corpo para regular a temperatura

9. Espalhe as informações e faça com que todos as pessoas que participam dos cuidados com o bebê saibam das recomendações. Babás, avós, tias, cuidadoras do berçário...

(VEJA O TEXTO COMPLETO NA FAN PAGE www.facebook.com/Mamãe-Eu-Quero-Mamar-703544493045544)

Em CURITIBA:

- Próximas palestras sobre Aleitamento Materno

Com a Enf. Rosane da Silva (ÚLTIMAS DATAS DE 2015). 19 de novembro (quinta-feira) ou em 15 de dezembro (terça-feira). No UNINTER - Ed. Garcez - Av. Luiz Xavier, 103 - Esq. Pr.Ozório. Das 18h30 às 22h. Inscrições na hora e local.
Investimento: Gestante R$ 20 |  Acompanhante R$ 10
Informações: (41) 3074-4040 (c/ Apparenza).

Próximos Cursos para Gestantes do CEMUC

- Curso Parto Amoroso (turma 139º - última de 2015 - já iniciada) - GRATUITO

Sete encontros, sempre às terças-feiras, das 14h às 17h30, na Maternidade Santa Brígida e com três palestras a cada reunião. Possível participar de todos os encontros ou de apenas uma ou outra data. Iniciado em 3 de novembro, segue até 10 de dezembro de 2015. Inscrições e informações pelo Blog http://cursopartoamoroso.blogspot.com.br/p/curso-parto-amoroso.html

- Curso para Casais Grávidos - GRATUITO

Próxima turma e última de 2015, dias 1º e 2 de dezembro. Na Sociedade Paranaense de Pediatria - Rua Des. Vieira Cavalcanti, 550 - Mercês, dsa 20h às 22h30. Inscrições e informações pelo Blog http://cursopartoamoroso.blogspot.com.br/p/inscreva-se.html

Os cursos do CEMUC são gratuitos, mas são solicitadas doações de itens de higiene para bebês, alimentos, novelos de lã e fraldas, que são revertidas para gestantes carentes.

Veja mais em www.facebook.com/cursopartoamorosoCEMUC.

E queridas mamães dos Campos Gerais, que tenham usufruido de cursos bacanas como estes nas cidades de Castro, Carambeí, Ponta Grossa, Tibagi, Piraí do Sul, Palmeira.... e demais da região. Compartilhem conosco onde, quando, como foi para que possamos ajudar outras mamães com informação eficaz e útil! E se conhecem futuras mamães em Curitiba, indiquem e recomendem! Mesmo eu, que trabalho há 12 anos com gestantes e conheço bastante deste universo, aprendi ações muito relevantes já no primeiro encontro....! Muito bom!

Até a próxima! Espero vocês!

______________

Fabiana Guedes é fotógrafa, blogueira e há mais de 7 anos colabora com colunismo social impresso e eletrônico em diferentes veículos de comunicação. A coluna “Super indico by Fabi Guedes” apresenta dicas de beleza, moda, utilidade pública, arte e cultura, que também são publicadas em seu Blog “Fabiana Guedes Por Aí” (http://fabianaguedesporai.blogsppot.com). Ela é casada e reside em Curitiba/ PR. Atualmente, é responsável também pela Gerência de Relacionalmento da Organização Beleza Nacional (www.orgbelezanacional.com.br), empresa do ramo de concursos de beleza.

Site oficial: www.fabianaguedes.com e Fan Page https://www.facebook.com/estudiofabianaguedesfotografia

 

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS

  • Fabiana Guedes : A querida mamãe e jornalista Emanoelle Wisnievski indicou às mamães da cidade de Ponta Grossa a Fan Page das profissionais do SOS AMAMENTAÇÃO PONTA GROSSA. Confiram em www.facebook.com/sosamamentacaopg Muito bacana!
    10/11/2015 10:35
  • Fabiana Guedes: Manu Wisnieski também recomenda a Moinho Encantado Brinquedoteca www.facebook.com/www.moinhoencantado.com.br, que oferece várias palestras esclarecedoras para as mamães neste mês de novembro.
    10/11/2015 12:31

ENVIE SEU COMENTÁRIO

NOME:
EMAIL:
MENSAGEM:
*Seu comentário será avaliado e aprovado antes de ser publicado. E somente aprovaremos comentários com o nome completo e o e-mail do leitor.
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira
responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Plantão da Cidade.