Ponta Grossa
Cidade de Vila Velha
Princesa dos Campos Gerais

 

 



 

 

 

 

 

 

Ponta Grossa, terça-feira 07 de julho de 2009
 
Projeto Meu Lar pode virar
referência para todo o estado
Érica Busnardo - Assessoria

O projeto Meu Lar, desenvolvido pelo Serviço de Obras Sociais (SOS) em Ponta Grossa, pode virar referência em todo o Paraná. A possibilidade partiu da presidente do PT paranaense, Gleisi Hoffmann, durante sua visita ao SOS, nesta segunda-feira (06). Por cerca de uma hora e acompanhada pelo prefeito Pedro Wosgrau Filho e pela presidente do SOS, Maria Isabel Ramos Wosgrau, Gleisi pode conhecer os processos que envolvem os trabalhos sociais no município.

Leia, também:

Política
»
Rombo na Câmara:  Somente Rodrigo é denunciado pelo MP
» Jocelito quer autorização prévia dos
pais para adolescentes em lan houses

» PSDB fecha unidade em favor
de Beto e oposição ao governo

Geral
»
Artesãos de Ponta Grossa
têm loja unificada no centro

» CREA apresenta propostas
para a cidade de Castro

» Ponta Grossa recebe Mostra
Regional de Artes Visuais

» Projeto Meu Lar pode virar
referência para todo o estado

» Mandaguari conhece sistema educacional de Ponta Grossa
» Circuito Ponta-grossense de
Vôlei de Praia reúne 44 duplas

» Delegado pede mais prazo para
inquérito sobre acidente de Carli

» Saúde e Polícia Rodoviária Federal
vão divulgar informações sobre gripe

» Recital  em Telêmaco valoriza
a Música Popular Brasileira

» Prefeitura de Telêmaco recebe oito
veículos e duas máquinas pesadas

“Fiquei muito impressionada com os trabalhos realizados no SOS em Ponta Grossa, principalmente o Meu Lar, que sem dúvida alguma poderá ser referência em todo o estado”, disse Gleisi. Para ela, o município mostrou boa articulação política e formação de redes sociais que beneficiam milhares de pessoas.

Gleisi conheceu um pouco mais sobre os programas sociais, como o Banco de Alimentos, que num trabalho conjunto com 280 agricultores familiares consegue atender 92 entidades do município.

O Meu Lar, o projeto que encantou Gleisi, foi criado para atender a famílias que realmente necessitam de ajuda, como pessoas vítimas do desemprego e de outros fatores socioeconômicos. De lá pra cá, 96 casas foram entregues. Até o aniversário da cidade, setembro, intenção do SOS é que esse número chegue a 100. Segundo Maria Isabel, o projeto é viabilizado principalmente por meio da arrecadação obtida nos eventos realizados pelo SOS.

A presidente do SOS vê boas perspectivas para Ponta Grossa com a visita de Gleisi ao SOS. “É importante que o nosso trabalho seja reconhecido, principalmente por pessoas de fora. Ficamos honrados em saber que nossos trabalhos podem se tornar referências. Além disso, a Gleisi deixou a esperança de que muita coisa boa virá depois dessa visita”, disse Maria Isabel.

 

 

 

Plantão da Cidade OnLine - Rua Antônio Vieira, 295 - Bairro São José - Ponta Grossa - PR
Jornalista Responsável: Luiz Carlos Castilho
 - RPR (MT) - 4450
Comercial: Maria Jacira Castilho - Telefones: (42) 3028-2377 - (42) 9119-1523
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira
responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Plantão da Cidade