Ponta Grossa
Cidade de Vila Velha
Princesa dos Campos Gerais

 

 



 

 

 

 

 

 

Ponta Grossa, terça-feira 07 de julho de 2009
 
Delegado pede mais prazo para
inquérito sobre acidente com Carli

Leia, também:

Política
»
Rombo na Câmara:  Somente Rodrigo é denunciado pelo MP
» Jocelito quer autorização prévia dos
pais para adolescentes em lan houses

» PSDB fecha unidade em favor
de Beto e oposição ao governo

Geral
»
Artesãos de Ponta Grossa
têm loja unificada no centro

» CREA apresenta propostas
para a cidade de Castro

» Ponta Grossa recebe Mostra
Regional de Artes Visuais

» Projeto Meu Lar pode virar
referência para todo o estado

» Mandaguari conhece sistema educacional de Ponta Grossa
» Circuito Ponta-grossense de
Vôlei de Praia reúne 44 duplas

» Delegado pede mais prazo para
inquérito sobre acidente de Carli

» Saúde e Polícia Rodoviária Federal
vão divulgar informações sobre gripe

» Recital  em Telêmaco valoriza
a Música Popular Brasileira

» Prefeitura de Telêmaco recebe oito
veículos e duas máquinas pesadas

O delegado Armando Braga, da Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran), encaminhou à Justiça, na tarde desta segunda-feira (6), pedido de prorrogação de prazo para a conclusão do inquérito sobre o acidente envolvendo o ex-deputado Fernando Ribas Carli Filho.

Na colisão, em 7 de maio em Curitiba, dois jovens morreram. De acordo com o delegado, a finalização das investigações ainda depende de laudos do Instituto de Criminalística. “São peças formais e fundamentais para a conclusão do que realmente aconteceu”, explicou Armando Braga.

Segundo o delegado, o laudo do local de morte deve descrever como estavam os veículos e as vítimas depois do acidente e outro vai descrever a trajetória e ângulo de visão que cada veículo tinha em relação ao outro. A velocidade do carro do ex-deputado também deverá ser conhecida através destes laudos.

De acordo com a polícia ainda não há data para entrega dos laudos. “Não temos uma previsão certa, porém neste momento o que mais conta é a precisão do material. Os técnicos estão trabalhando cuidadosamente para que os laudos sejam muito precisos, por isso, o tempo neste caso não é o mais importante”, comentou.

Acidente
Na madrugada de 7 de maio, Carli Filho provocou a colisão em que morreram dois jovens, no bairro Mossunguê em Curitiba. Laudo do Instituto Médico Legal aponta que ele estava sob efeito de bebida alcoólica, na hora do acidente. Carli Filho foi multado 30 vezes nos últimos seis anos. Do total, 23 infrações foram por excesso de velocidade. Como não recorreu de sete infrações, ele teve a habilitação cassada e não poderia dirigir desde julho do ano passado.

 

 

 

Plantão da Cidade OnLine - Rua Antônio Vieira, 295 - Bairro São José - Ponta Grossa - PR
Jornalista Responsável: Luiz Carlos Castilho
 - RPR (MT) - 4450
Comercial: Maria Jacira Castilho - Telefones: (42) 3028-2377 - (42) 9119-1523
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira
responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Plantão da Cidade