Ponta Grossa - Paraná
A Princesa dos Campos Gerais
Cidade de Vila Velha
 Ponta Grossa, terça-feira 05 de abril de 2011






 

 

Salão Paranaense de Turismo
aplaude o Carnaval de Tibagi
Emanoelle Wisnievski – Assessoria
Fotos: Christian Camargo

O Paraná tem Carnaval e de qualidade! Foi com essa exclamação que agentes de viagem, estudantes e profissionais que trabalham no segmento turístico receberam o cortejo da comitiva de Tibagi no encerramento do 17º Salão Paranaense de Turismo, sábado (2). A feira de negócios realizada pela Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav) do Paraná, com apoio da Secretaria de Estado do Turismo, no Expo Unimed Curitiba apresentou atrativos de toda a América Latina e a festa tibagiana foi um dos destaques.

Mais de 50 pessoas, entre bateria da Escola de Samba 18 de Março, passistas, baiana, crianças, Rainha, Rei Momo e Princesa da folia mostraram que o samba tem força no Estado e que o melhor Carnaval do interior do Paraná é um dos grandes produtos turísticos da região Campos Gerais.

“Fantástico. Adorei e fiquei com vontade de conhecer Tibagi”, afirmou Mara Celestino, agente de viagem curitibana. Ela confessou   que não imaginava a importância e o tamanho da festa. “Adorei a bateria, as passistas. Fiquei surpresa”, pontuou. Rosângela Ribas, também de Curitiba, era uma das centenas de pessoas com câmera na mão que registraram a entrada da corte nos corredores da feira. “Muito lindo, contagiante. Interessante saber que no Paraná temos uma festa assim”, destacou.

As duas agentes de viagens representam o que a maioria das pessoas que ainda estavam no Salão para o encerramento da feira sentiram com a 'invasão' dos animados foliões tibagianos. Os argentinos dançarinos de tango arriscaram-se nos passinhos do samba da passista Rosa do Nascimento Souza. Até o servente de limpeza do local tentou ser, por alguns instantes, o gari famoso que no Rio de Janeiro dá show na passarela.

“É uma realização para nós, que há tantos anos promovemos a festa, ver hoje nosso Carnaval neste Salão. É uma divulgação grande, importante, que vai impulsionar ainda mais o turismo em Tibagi e na região”, considera Cecília Nanuzi Pavesi, secretária de Meio Ambiente e Turismo (Sematur) de Tibagi. Ela relembra que são 101 anos de tradição no evento e que neste ano, cerca de 80 mil foliões passaram pela cidade nos cinco dias de folia.

Para o mestre da bateria da 18, Moacir Machado, a oportunidade de mostrar a manifestação cultural mais forte de Tibagi para os expositores da feira foi marcada pela emoção. “Já tínhamos participado de eventos em cidades da região [Campos Gerais], mas é a primeira vez em Curitiba e no Salão de Turismo. Dá orgulho fazer parte disso”, relatou, após a missão cumprida.

Quando a bateria iniciou o batuque do samba, de imediato a área das apresentações artísticas no Salão ficou lotada. O sambão da 18 invadiu cada espaço da feira e ninguém conseguia ficar parado. A apresentação durou mais de meia hora e manteve o público atento. Muitas pessoas acompanharam o desfile do início ao fim. “Surpreendeu. Acho que quem ainda não conhecia o Carnaval de Tibagi, agora não tem dúvida de como a festa é bonita, do quanto é forte como produto turístico”, avalia Juliana Nogueira, gerente de Turismo da Sematur.

Salão e  VII  Mostra  das  Regiões
Uma das principais vitrines do turismo no Brasil e Mercosul, o Salão englobou feira de negócios, atualização profissional e networking. O Salão teve também a sétima edição da Mostra de Regiões Turísticas do Paraná para apresentar roteiros e produtos das dez regiões turísticas do Paraná, evidenciando a hospitalidade paranaense. Além do Carnaval de Tibagi, muitas outras apresentações artísticas foram mostradas ao público, como o tango argentino, dança indiana, dança paraguaia, chorinho e dança gauchesca. Dos Campos Gerais, as rainha e princesas da München Feest mostraram a cultura alemã e o grupo de dança gaúcha de Piraí do Sul deu show com a coreografia dos peões de facões na mão.

Nos estandes paranaenses, ainda havia culinária e artesanato. Paçoca de carne, bolo de polvilho, linguiça defumada, salame colonial e salame italiano da Atrativa foram os pratos servidos para degustação pelo pessoal de Tibagi. Da Associação Tibagiana de Artesanato, foram expostos produtos feitos com lã de carneiro, crochê e porcelanas.

Das cidades da região Campos Gerais do Paraná, também participam da mostra Telêmaco Borba com o artesanato em madeira feitos de fita tusa reciclada e produtos com mel, mais apresentação do luthier e violinista Wendel de Freitas; Piraí do Sul levou cerâmica e cabriúva, um quentão típico da cidade; Ponta Grossa ofertou vinho e frutas cristalizadas.

Nesta edição, o tema central do estande foi a “Cultura da viagem e Cultura da hospitalidade” para mostrar aos profissionais do setor as ótimas oportunidades de escolher o Paraná como um surpreendente destino para seus clientes. O público-alvo foi formado por profissionais do setor, operadores de turismo, agentes de viagem, imprensa especializada, representantes de meios de hospedagem e transportadoras turísticas, entre outros.

Carnaval
O Carnaval de Tibagi surgiu em 1910, com o desfile de um carroção enfeitado por Manoel da Costa Moreira, o Cadete. Nestes 101 anos, agregou outras tradições que vieram com os migrantes baianos, como festas de clubes, marchinhas e desfile de escolas de samba. Neste ano, três grandes palcos receberam os turistas em shows com bandas e artistas de renome nacional: Jair Rodrigues e Os Originais do Samba. São cinco noites de atrações e três tardes de matinês para crianças e idosos, além do Corso, em que os foliões formam blocos e enfeitam carros para desfilar na avenida principal.

 



Plantão da Cidade OnLine - Rua Antônio Vieira, 295 - Bairro São José - Ponta Grossa - PR
Jornalista Responsável: Luiz Carlos Castilho
 - RPR (MT) - 4450
Comercial: Maria Jacira Castilho - Telefones: (42) 3028-2377 - (42) 9119-1523
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira
responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Plantão da Cidade