Ponta Grossa - Paraná
A Princesa dos Campos Gerais
Cidade de Vila Velha
 Ponta Grossa, quarta--feira 10 de fevereiro de 2010






 

 

ACIPG apresenta Programa Empreender
na região de Oficinas

Empresários da região de Oficinas se reuniram, na última segunda-feira, para conhecer e discutir sobre a implantação do Programa Empreender, desenvolvido pela Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG) em parceria com o Sebrae.

O programa visa fortalecer as classes através de estratégias de desenvolvimento dos negócios, destacando a importância dos diferenciais competitivos e incentivando a união de micro e pequenos empresários na busca por melhorias e soluções para seus negócios. A solicitação, que partiu dos próprios empresários, é para a implantação de um núcleo multissetorial que une diversos segmentos econômicos em torno de ações que buscam o interesse comum.

No caso de Oficinas, ações específicas para o bairro com objetivo de fortalecer o comércio local e buscar melhorias para a comunidade. Cerca de 40 pessoas participaram da reunião que aconteceu na Associação Recreativa Homens do Trabalho.

O modelo de projeto foi trazido da Alemanha para o Brasil. Atualmente, são mais de três mil núcleos setoriais e multissetoriais espalhados pelo país integrando cerca de 50 mil empresas através da rede Empreender.

No Paraná, iniciou em 1999 e envolve mais de 1,8 mil empresas em 101 cidades do Estado distribuídas em 256 núcleos setoriais. Ponta Grossa dispõe atualmente de dois núcleos setoriais, o Núcleo Setorial em Tecnologia da Informação (NSTI) e o Núcleo Setorial de Farmácias.

“O programa é uma maneira eficaz de trocar experiências, aprimorar serviços e fidelizar clientes. “As ações são pensadas e desenvolvidas por um grupo específico a fim de atender as necessidades e o interesse comum de seus integrantes”, fala Adriana Kurovski, consultora local do Empreender na ACIPG.

O Empreender trabalha com o fortalecimento do associativismo, fazendo com as empresas deixem de se encarar como concorrentes e busquem parcerias. “Aliadas, podem buscar novas oportunidades, fornecedores, treinamentos, viabilizar a compra conjunta de insumos, matéria-prima e material administrativo, garantindo a redução de custos para todas as integrantes dos núcleos”, comenta Adriana.

Luiz Eduardo Pilatti Rosas, vice-presidente comercial da ACIPG, explica que a implantação do programa em Oficinas atende uma demanda dos empresários.  “Os comerciantes que já atuam na região e também aqueles que pretendem iniciar um negócio solicitaram a implantação do programa por já conhecerem os resultados alcançados em outros segmentos”, diz. Segundo Pilatti, através do Empreender é possível criar condições para aumentar a longevidade das micro e pequenas empresas e dar suporte para que se sustentem.

Erdson Helfenstein, empresário da Mottai Motos, participou de um núcleo setorial de concessionários em Cascavel. Segundo ele, a experiência foi bastante produtiva e trouxe muitos resultados positivos ao segmento. “Acredito que em Oficinas não será diferente. Temos um grande potencial econômico e social para desenvolver no bairro”, diz. Douglas Costa, proprietário da Churrascaria Lugano, entende que o bairro precisa de algumas melhorias, tanto para os comerciantes como também para a própria comunidade. “Há necessidade de buscarmos melhorias. A união da comunidade é essencial para conseguirmos dar visibilidade a nossos problemas e às nossas ações”, considera.

Gilceu Suliani, empresário da GGPel, diz que o Empreender trará benefícios não só ao comércio, mas para toda a comunidade. “A parceria, a união dos diferentes segmentos dará mais força e representatividade à região facilitando a busca por melhorias. Uma comunidade organizada vai mais longe”, aponta. Para Edson Yamada, proprietário da Unidas Rent a Car, o programa é muito interessante e pode trazer resultados satisfatórios devido à metodologia que utiliza. “A integração que proporciona entre os diferentes segmentos do bairro pode trazer bons frutos a toda a comunidade”, fala.

Oficinas é o primeiro bairro da cidade a receber uma ação direcionada do Programa Empreender. A próxima etapa do processo é a reunião dos interessados para que se conheçam e identifiquem os diversos segmentos presentes no bairro. A intenção, segundo o vice-presidente da ACIPG, é levar o Programa a outras regiões da cidade onde há concentração de empresários, como Nova Rússia, Santa Paula, Uvaranas, Avenida Doutor Colares e outros, de acordo com a demanda.

Empresários da região interessados em aderir ao Programa podem participar da próxima reunião, marcada para o dia 1º de março, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Mais informações sobre o Empreender podem ser obtidas pelo telefone (42) 3220-7247 ou e-mail empreender@acipg.org.br.

 



 



Plantão da Cidade OnLine - Rua Antônio Vieira, 295 - Bairro São José - Ponta Grossa - PR
Jornalista Responsável: Luiz Carlos Castilho
 - RPR (MT) - 4450
Comercial: Maria Jacira Castilho - Telefones: (42) 3028-2377 - (42) 9119-1523
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira
responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Plantão da Cidade