Nova pagina 5

CAPA

EXPEDIENTE

Plantão/História

Prefeitos

Vereadores

Política

Eleições

Poder Público

Imprensa

Rádio Santana

Fotos

Anteriores

Outubro/05

01 04 05 06 07 08 11
12 14 15 18 19 21 23
25 26 27 28 29 - -

Novembro/05

01 02 04 05 08 12 15
17 18 19 22 23 24 25
26 29 30        
Dezembro/05
09 10 13 14 15 16 17
20 21 22 27 28    
Janeiro/06
11 12 13 17 18 19 20
22 25 26 28 31    
Fevereiro/06
01 02 03 07 08 09 10
11 14 15 16 17 21 22
23 24 25        

Março/06

02 03 04 07 08 09 11
14 15 16 17 18    

Para retornar à página atual, clique na logomarca do Plantão


Um passeio pela História de
Ponta Grossa

  Ponta Grossa - Paraná -  

Município e Sanepar renovam contrato e
Requião autoriza 11 milhões em obras

O prefeito Pedro Wosgrau Filho assina nesta quarta-feira, às 15h, no hall do Cine-Teatro Ópera, o novo contrato de concessão dos serviços de saneamento público em Ponta Grossa, com a  Sanepar, na presença do governador Roberto Requião e do presidente da empresa, Stênio Jacob. Além do contrato, serão assinadas hoje – segundo a Casa Civil – quatro ordens de serviço para obras de saneamento em Ponta Grossa, no valor total de R$ 11 milhões.


Governo esvazia sessão da Assembléia e
impede aprovação da PEC anti-nepotismo

A bancada governista conseguiu esvaziar a votação da PEC 040/05, de autoria do deputado Tadeu Veneri (PT), que proíbe a prática do nepotismo (contratação de parentes no setor público). A sessão caiu por falta de quorum. Os 14 deputados do PMDB não pisaram no plenário, atendendo ordem do governador Requião, conforme foi apurado pela oposição. Mas, a matéria deve ser votada hoje.

Plauto acredita que Requião adotou estratégia para manter os parentes
“O que o governador não quer é que a medida entre em vigor neste ano. Está com 26 parentes empregados em três anos e meio de governo e agora, no final, quer pegar carona, mas,  sabe que, vigorando a medida anti-nepotismo, agora, o maior índice de desemprego estará na sua família”, ironizou.

      Scarpellini condena estratégia
adotada pelos governistas

“Nas eleições, esperamos que o povo faça um julgamento correto, não só para os deputados faltosos, mas, também, para o governador que os orientou”, concluiu deputado do PSB, para quem, “através da verdade se faz a justiça”.

Vereador que optar pela sessão, não terá que olhar nos olhos de Roberto Requião e recordar o que o governador falou em uma memorável entrevista ao deputado Jocelito Canto, sobre CPI e sobre o comportamento da Câmara Municipal. Foi quando Requião falou em “picaretagem”, em “barganha”, em “mensalão”, e até mesmo em “cadeia”, referindo-se ao Legislativo de Ponta Grossa.(Leia mais).

Lideranças querem diálogo com o
governo sobre a Carlos Cavalcanti

Operário inicia pré-temporada
É o comentário de Paulo Sérgio Rodrigues. E mais: Nota zero para a diretoria do Operário, que aceitou jogar as duas partidas no mesmo dia. Isto é um absurdo. Aliás, a representatividade do Operário na Liga local é nenhuma. Nula!


Agora, também nas bancas


Farmácia Popular não tira obrigação
 da rede pública de fornecer medicamentos

Governador entrega mais de
cem veículos para a Polícia Militar

Para Ponta Grossa serão enviadas dois veículos para a Rotam e outros dois que vão ser usadas no Projeto Povo em Castro. Para o comandante do 1º BPM, tenente-coronel Durval Japiassu Pinto, "mais uma vez o Governo demonstra dar prioridade à Segurança Pública".

 

TJ mantém por unanimidade ação
do pedágio na Justiça Estadual


Programa Saúde da Família promove mutirão


Secretaria da Educação repudia
nota divulgada pela APP-Sindicato




 

 

 








 


Representação Popular: Direito
 do Cidadão

Página especial


 

Calendário Eleitoral - 2006